Tocados pela alma

 

As pessoas gostam daquilo que toca a alma. Gostam de boas sensações, mesmo que elas sejam ilusão. O que importa é o sentimento. Não sabem que não tocamos a alma, pelo contrário, ela nos toca.

O desejo nos move rumo àquilo que só a mente acredita que é possível, luta contra todas as probabilidades e, por incrível que pareça, o improvável acontece. A alma se alegra, sente que não é louca e que os devaneios são sensações da realidade, mesmo que ela ainda não tenha se materializado.

A alma é assim, cheia de coisas que só ela e o nosso subconsciente entendem. São um casal sem igual. Com suas incríveis percepções, nos conduzem a lugares inatingíveis. Até que, em dado momento, eles nos mostram que o inatingível não existe, é apenas uma ilusão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *